Movimentos

União da UDENAMO, MANO e UNAMO

Quando a 25 de Maio de 1962, a MANU, inicialmente denominada (Maconde African National Union), posteriormente (Mozambique African National Union) e a UDENAMO (União Democrática Nacional de Moçambique), na presença de Eduardo Mondlane, se reúnem, na Tanzânia, com o objectivo de discutirem e adoptarem o protocolo de unificação dos Movimentos Nacionalistas Moçambicanos, ao qual, mais tarde, aderiu à UNAMI (União Nacional Africana de Moçambique Independente), traçava-se o caminho pelo qual os moçambicanos seguiriam até a liberdade.